sexta-feira, 11 de novembro de 2011

PINTURA - SILVA PORTO

O pintor António Carvalho da Silva nasceu no Porto, a 11 de Novembro de 1850. Mais conhecido por Silva Porto por ter adoptado o nome da sua cidade natal, foi um dos fundadores do naturalismo em Portugal. A sua pintura, cheia de luz e cor, é quase toda ela inspirada na natureza. Silva Porto faleceu em Lisboa, a 1 de Junho de 1893.
Poet'anarquista
«Auto-Retrato»
Pintor Português Silva Porto
BREVE BIOGRAFIA

Pintor, discípulo de Tadeu de Almeida Furtado e João Antunes Correia na Academia de Belas-Artes do Porto (1865-73). 

Em 1873, foi admitido no concurso para o pensionato em Paris, na categoria de Pintura de Paisagem, acompanhado por Marques de Oliveira em Pintura de História. Frequentou a École de Beaux Arts, tendo sido discípulo de Cabanel, Daubigny, Beauverie, Yvon e Grosseller, e participou no Salon (1876, 1878). Com Marques de Oliveira, entre 1873-79, viajou por Itália, França, Bélgica, Holanda e Inglaterra. 

Em 1879, por falecimento de Tomás da Anunciação, foi convidado a leccionar a cadeira de Paisagem na Academia de Belas-Artes de Lisboa. 

Foi um dos fundadores do "Grupo do Leão", considerado como “Divino Mestre” pelos artistas naturalistas e, em 1890, fundou o Grémio Artístico, do qual viria a ser presidente. 

Apresentou-se nas exposições da Promotora (medalha de ouro, 1880), do "Grupo do Leão" e do Grémio Artístico (1ª medalha, 1892). Foi medalha de ouro na Exposição Industrial de Lisboa (1888). 

No estrangeiro, participou na Exposição Universal de Paris (1878), na Exposição Internacional de Madrid (1871) e na Exposicion General de Bellas Artes de Madrid (Hábito da Ordem de Carlos III, 1881). 

A obra de Silva Porto marca o início do Naturalismo em Portugal, com as temáticas de paisagem e de costumes. 
Fonte: museu Malhoa
«A Ceifa»
Silva Porto

«Ceifeiras na Colheita»
Silva Porto

«Guardando o Rebanho»
Silva Porto

«Pátio Rural»
Silva Porto

«Charneca de Belas ao Pôr-do-Sol»
Silva Porto

«Areinho no Douro»
Silva Porto

«Pequena Fiandeira Napolitana»
Silva Porto

«NATURALISMO»
SILVA PORTO

7 comentários:

Anónimo disse...

Muito interessante este post sobre Silva Porto, um pintor de certo modo esquecido ....
.... mas, num registo completamente diferente, seria interessante colocar um post sobre Frida Kalo, aproveitando o facto de estar a decorrer, em Lisboa, uma exposição fotográfica sobre esta pintora mexicana.

É curioso como num blogue do interior do país, geograficamente longe dos grandes centros culturais, têm sido recordadas figuras da cultura universal, muitas delas, injustamente esquecidas nos tempos que correm.

Que nunca esmoreça a vontade ao responsável do blogue, para ir retirando da poeira e esquecimento dos tempos, estes artistas !

O. W. Calabrese

Camões disse...

Recordando Frida Kahlo...

Tendo conhecimento da exposição fotográfica a decorrer em Lisboa sobre a grande pintora mexicana Frida Kahlo,considero muito pertinente a referência de O. W. Calabrese a uma possível publicação recordando a vida e obra desta artista extraordinária.

Por já ter sido feita postagem sobre esta pintora no poet'anarquista, mais precisamente na data do seu nascimento, remeto o amigo comentador O. W. Calabrese e outros visitantes do blogue para a publicação de 06 de Julho de 2011, com o título PINTURA - FRIDA KAHLO.

Muito satisfeito pela sensibilidade cultural de quem ganha um pouco do seu tempo, para vir aqui espreitar e comentar todos aqueles homens e mulheres da cultura, que não podem ser esquecidos por todos os Amigos d'Arte.

Um abraço...

Humildemente,

Carlos Camões Galhardas

Anónimo disse...

E nunca é demais SALIENTAR POET'ANARQUISTA, que sempre PRIMOU PELA QUALIDADE!!!

Muito Obrigada por TUDO que nos tem OFERECIDO!!!

Uma Alandroalense (L...)

Anónimo disse...

Silva Porto faleceu em Lisboa, e não no Porto. Faleceu no n.º 6, r/c, da Rua Luísa Todi, Bairro Alto. A fachada possui uma placa camarária a registar esse facto.

Camões disse...

Agradeço ao anónimo de 8 de Setembro de 2012 o seu reparo quanto ao local onde faleceu António Carvalho da Silva, de pseudónimo Silva Porto por ter adoptado o nome da sua cidade natal.

Foi de facto em Lisboa, e não no Porto, a 1 de Junho de 1893 que viria a falecer com apenas 42 anos, o grande pintor do naturalismo português Silva Porto.

As minhas desculpas aos visitantes do espaço «Amigos d'Arte» pelo lapso, que vou tratar de corrigir imediatamente na publicação.

Um abraço ao anónimo pela sua chamada de atenção.

Volte sempre!

Carlos Camões Galhardas

Ricardo disse...

Caros,

a imagem do homem de barba branca,no início do post, retrata o explorador Antonio Francisco da Silva Porto, que viveu por 50 anos em Angola. Antonio Carvalho da Silva Porto, o pintor, morreu bem mais jovem, infelizmente. abraços, Ricardo Silva Porto - Brasil.

Camões disse...

Obrigado, Ricardo...

De facto, o retrato que estava na publicação era de António Francisco da Silva Porto, historiador e explorador português nascido a 24 de Agosto de 1817, na cidade do Porto.

Já foi feita a devida correcção com «Auto-Retrato» (Pertença do Museu do Chiado) da autoria do pintor Silva Porto.

As minhas desculpas a todos os visitantes do espaço «Amigos d'Arte».

Quase terminando... acaso Ricardo Silva Porto tem laços familiares com alguma das personalidades mencionadas?

Um abraço de Portugal para o Brasil!

Carlos Camões Galhardas