quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Pintura e Poesia


Banda Desenhada "O Roubo da Jóia"

João Paulo Galhardas

POESIA


"Última Poesia?..."


Se eu não escrever mais nenhuma poesia

Fica aqui uma última e derradeira homenagem,

A todos os poetas do mundo na sua viagem…

Pelas palavras autênticas que cada um escrevia!


Depois sigo o meu caminho na noite estrelada

Com a esperança enfim… De ter alguma calma!

não estarei quando chegar a madrugada…

Para onde será que vai descansar a alma?


Talvez encontre o caminho dos poetas mortos

Ou outro qualquer lugar onde me abrigar;

Eu que no mar atraquei em tantos portos ,

Porque não hei-de mais uma vez navegar?


Última poesia?... Será mesmo que vou escrever

Neste poema toda a magia das frases escritas?

Num golpe de génio deixar a escrita acontecer…

Escrevendo assim quanto penses e sintas!!!


Matias José (10-05-2009)


9 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma também escrita com o CORAÇÃO.


Apenas eu

Camões disse...

Somente com o coração
E a alma de um poeta,
Se escreve com emoção...
A palavra mais certa!

Apenas é... POESIA!!!

POETA

Anónimo disse...

Não tenho dúvidas, temos POETA!!!

Anónimo disse...

Os comentários que fiz,
fi-los com muito prazer;
Obrigada pela quadra
que julgava não merecer.

Camões disse...

A questão do merecer
É muito subjectiva...
Uma quadra com prazer
Dá mais sabor à vida!

POETA

Anónimo disse...

Sem dúvida "A Última Poesia?..." é de uma enorme qualidade. Mas quem és tu Matias José que és poeta e poucos sabem que o és?

Camões disse...

Mas quem és tu Matias José...
Será mesmo que sei quem és?
Falam de um Poeta, não é...
Qual dos dois é que tu és???

Eu sou o Cabé!

POETA

Anónimo disse...

Muito boa poesia caro amigo!!!!

Anónimo disse...

Muito bem o poeta que a partir de qualquer comentário faz uma quadra. Nota-se que está à vontade na escrita e que utiliza de forma muito original as frases. Não tenho dúvidas que temos poeta... estava era escondido!!!