sexta-feira, 27 de agosto de 2010

MADRE TERESA DE CALCUTÁ

Com um dia de atraso, Poet'anarquista recorda  Madre Teresa de Calcutá, a amiga dos pobres. Fez ontém precisamente 100 anos da data do seu nascimento, 26 de Agosto de 1910, e não quis deixar de fazer referência nos Amigos d'Arte a uma mulher que dedicou toda a sua vida a fazer o bem. Deixo-vos com uma pequena biografia  de Agnes Gonxha Bojaxhiu.

MADRE TERESA DE CALCUTÁ
A Amiga dos Pobres 

Madre Teresa de Calcutá
(1910-1997)

Agnes Gonxha Bojaxhiu nome de baptismo da que ficou mundialmente conhecida por Madre Teresa de Calcutá, nasceu na Albânia (então Macedónia) e tornou-se cidadã indiana, em 1948. Prémio Nobel da Paz em 1979. Oriunda de uma família católica, aos doze anos já estava determinada a ser missionária. Começou por fazer votos na congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, aos 18 anos, na Irlanda, onde viveu. A sua vida na Índia, começou como professora, só ao fim de dez anos sentiu necessidade de criar a congregação das Irmãs da Caridade e dedicar a sua longa vida aos pobres abandonados e mais desprotegidos de Calcutá. Entre as suas prioridades estava matar a fome e ensinar a ler aos "mais pobres entre os pobres", bem como a leprosos, portadores de SIDA e mulheres abandonadas. Depois do Prémio Nobel, em 1979, passou a ser muito conhecida e as Irmãs da Caridade estão em centenas de países do Mundo. O seu exemplo de dedicação sem temer contrair doenças contagiosas, a sua vida exemplar, sempre na sua fé católica deram-lhe, em vida, a certeza de que era santa. 
Fonte: O Leme 

3 comentários:

Anónimo disse...

Apenas e SÓ:

UMA GRANDE SENHORA!!!!!!

Uma Alandroalense

xpto disse...

Porque sera que ao ler isto me lembrei da tua avo Antonia e da minha madrinha tambem Antonia?
Uma lagrima me ofusca o que mais queria dizer
Obrigado Cabe
Chico

Camões disse...

Quando recordamos aqueles de quem sentimos saudades, mesmo que as lágrimas nos ofusquem, ficamos mais perto da felicidade!

Um abraço deste amigo que te estima...

Cabé