Loading...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

SURREALISMO - VLADIMIR KUSH

Vladimir Kush
Above the Sea Level

Vladimir Kush
Divine Geometry

Vladimir Kush
Fish in the City

Vladimir Kush
 Journey Along the Edge of the Earth

Vladimir Kush
Maui- God of Sun

Vladimir Kush
Moonlight Sonata

BIOGRAFIA

Bem vindo ao mundo de Vladimir Kush, onde mito, metáfora e poesia se combinam em novas formas. Através da justaposição de objetos previamente independentes e a exploração de diferentes pontos de vista, a obra do artista faz referência a profundos significados e metáforas, mantendo ainda a sua abordagem realista de representação, um estilo que ele chama de realismo metafórico.
Vladimir Kush nasceu e cresceu em Moscovo, Rússia. Seu pai Oleg, um matemático com tendências artísticas, incentivou o talento natural do seu filho numa idade adiantada. Ele também fez o seu melhor para fornecer ao seu filho livros de viagens românticas de autores como Jules Verne, Jack London e Herman Melville, na esperança de que a sua mente iria vagar fora do mundo cinzento que englobava. Na idade de sete anos, Vladimir começou o treino formal que o levou para o Instituto de Arte de Moscou, onde promoveu o seu domínio da cor, composição, óleos e técnicas de arte de todos os tipos. A escola entendeu o que poderia ser chamado de método de Cézanne, e apesar de Vladimir rapidamente o dominar, deixou-o para trás, porque estava perdido em forma de cor e emoção, tomando conta quando  sentiu que o intelecto deve justamente vagar.
Depois de uma passagem obrigatória no exército russo, onde a maioria do tempo se manteve ocupado na pintura de grandes murais e retratos de generais, descobriu que podia ganhar mais dinheiro (e tem bastante tempo livre para explorar o seu estilo recém-formado)  pintando retratos nas ruas. Foi lá que fez ligações com funcionários da embaixada norte-americana, que o ajudaram na sua transição para os EUA, após o seu primeiro show de sucesso na Alemanha, em 1989, veio para Los Angeles.
Vladimir ainda visita Moscovo, onde muitas vezes os Invernos são frios e escuros, mas a influência decisiva do céu havaiano é evidente em muitas das suas pinturas. Resume assim: "Devido às restrições políticas e geográficas, fui obrigado a viajar com a minha mente como uma criança, e é esta a maior parte de tudo o que moldou a minha percepção artística".
Kush desenvolveu o seu próprio credo artístico, que prova o seu Realismo metafórico e que, acima de tudo, exige o seguinte:
  • Semelhança, que é a evidência de alta habilidade profissional que faz o espectador acreditar no mundo imaginado pelo artista, como o realismo na ficção e cinema.
  • Prevenção de formas de vida reais, apresentando o objeto estético, em vez de temas emocionais.
  • O uso da ironia profunda para chegar a fruição estética real, e como um martelo para quebrar velhos mitos cujos pedaços serão então re-montados em formas novas, um processo conhecido como re-mitologização.
Explica ainda: "Eu quero tocar na minha audiência, num nível muito mais profundo emocional ou intelectual do que seria possível a pintura de uma paisagem bonita ou ainda, vida, onde os espectadores são tentados a colocar-se na paisagem, ou consumir o prato de frutos do objectivo de realismo, é também a sua limitação. Tento oferecer camadas de significado para os espectadores, para explorar e emocionalmente responderem às descobertas que eles encontram na minha arte. "
O artista chega ao domínio do incompreensível, onde o seu conhecimento não será suficiente. Substitui realidades inacessíveis com imagens metafísicas, lança um véu, escondendo a sua essência. Caso contrário, a ciência iria intervir, desintegrando a imagem e a sua beleza em componentes ... então o que iria acontecer com o famoso sorriso da Mona Lisa?
Fonte: ecgallery
SURREALISMOVladimir Kush

3 comentários:

Anónimo disse...

MARAVILHOSO!!!!

Muito obrigada por nos mostrar.

Uma Alandroalense (L...)

Camões disse...

Concordo consigo, cara conterrânea. São maravilhosas as pinturas de Vladimir Kush, pela sua originalidade e pela imaginação fértil do pintor russo.

Tem centenas de trabalhos, onde a criatividade e o traço magnífico são bem marcantes.

O mundo surreal fascina e apaixona!

Cumprimentos...

Cabé

Anónimo disse...

PINTURAS MAGNÍFICAS!!!