segunda-feira, 24 de junho de 2013

FOTO-POESIA

Ford A 1918 - 1º Carro no Alandroal
Avós Maternos: Manel Biga e Antónia Cardoso

A VOLTA DE MOTA

Em outro tempo, num certo dia
Quis Manel Biga andar de mota…
Tinha na ideia dar uma volta,
E ver como a dita desenvolvia.

Foi assim que tudo começou
Num certo dia, em outro tempo…
Manel Biga não mais parou
Com o seu novo passatempo.

(Fizeram-se horas pra ir almoçar)…
Ouve-se Antónia da sua varanda:
-Manel, então não pensas parar?...

-É só mais uma voltinha redonda
Até o combustível se acabar…
Não sei como esta coisa abranda!

POETA

3 comentários:

Anónimo disse...

FANTÁSTICA FOTO-POESIA. CONHEÇO A HISTÓRIA DA MOTORIZADA E FARTEI-ME DE RIR AO RECORDAR O SUCEDIDO ATRAVÉS DA FOTO E SONETO. NESTE GÉNERO DE CONTOS POÉTICOS ESTÁS COMO PEIXE NA ÁGUA.

Anónimo disse...

Que belo momento de foto-poesia aqui representado!

Anónimo disse...


DELICIOSA POSTAGEM !!!

UM VERDADEIRO MIMO !!!...


Muito Obrigada

Uma Alandroalense (L...)