quarta-feira, 16 de maio de 2018

O AMOR

O Amor
O Amor/ Pintura de Rodolfo Barral

O AMOR

O amor veio de mansinho
P'la calada da noite...
Se tem alma que se afoite,
O amor não está sozinho.

Veio pé ante pezinho
Talvez por aqui pernoite...
Se tem alma que acoite,
O amor vem a caminho.

O amor é como o vinho...
Não gosta de quem açoite
Pró efeito ser limpinho.

O amor anda mortinho
Que de vez se não amoite,
E receber outro carinho.

Manuel Matias

2 comentários:

Anónimo disse...


Vou agora falar de Amor Canino !...

Fez ontem 15 dias que a minha "Canzinha" Diva sofreu um AVC.
Não conseguia firmar-se nas patinhas, quase não comia deixou
de ladrar, etc...
Por sorte estávamos em casa quando ela rodopiou e caiu desmaiada...
Levá-mo-la de imediato à urgência médica e foi logo socorrida.
Tem estado a ser devidamente medicada e, embora lentamente, tem
estado a recuperar; já anda, já come, está a tentar voltar á
normalidade, dentro do possível, é claro...
Tem quase 15 anos... (cerca de 78)
Escusado será dizer como nós temos andado!...

Uma Alandroalense (Liva)

Camões disse...

Tudo entendido, cara conterrânea.

Cumprimentos!