segunda-feira, 28 de junho de 2010

EVENTO "POR TERRAS DO ENDOVÉLICO"...

...COM POESIA !

Uma iniciativa: Câmara Municipal do Alandroal  


Deo Endovélico Sacrum
João Paulo Galhardas (94)


Templo Sagrado a Endovélico
João Paulo Galhardas (94)


ENDOVÉLICO

Noutro tempo sem semelhanças
Foi venerado um Deus especial...
Tempo conturbado de mudanças,
Onde hoje é Concelho d'Landroal.

Um Deus Pré-Romano adorado
Na Rocha a que chamaram Mina...
Em S. Miguel da Mota edificado
Um templo de adoração divina!

Alinhados entre si lugares de culto
Ao ponto mais alto da serra d'Ossa,
Rocha da Mina inicial lugar Santo?...
Do Deus Endovélico em terra nossa.

Sagrado Altar de formação rochosa,
De escadaria pró espaço infinito...
A voz dos Deuses soou harmoniosa,
Ouvindo-se no território mais recôndito!!

Deo Endovélico Sacrum Nostro:
P'la mudança feita em harmonia...
Tão belo evento, tão grato encontro,
Por Terras do Endovélico com magia!!!

Matias José  (28.06.2010)

Poet'anarquista a publicar textos e fotografias sobre o evento "Por Terras Do Endovélico" 

7 comentários:

Ana Paula Fitas disse...

Que bela evocação do imaginário e da tradição oral que envolve o Endovélico, meu bom e grande amigo Poeta :)
... aproveitando para saudar a excelente iniciativa da Câmara Municipal de Alandroal em que tive a honra de participar, quero também manifestar o meu apreço pela criatividade com que as linguagens da arte perspectivam e utilizam o potencial histórico local... homenageio por isso, o saudoso amigo João Paulo e reitero o prazer recolhido do ritmo harmónico do poema.
Um grande abraço e um beijinho.

Anónimo disse...

Não foi mau de todo, mas, na minha opinião, devia ter menos bruxaria e mais divulgação daquilo que se sabe sobre o Endovélico!

Camões disse...

Não corresponde à verdade o termo bruxaria porque não houve... ponto final. Sobre o Endovélico as intervenções dos congressistas Manuel Calado, Carlos Fabião, Amílcar Guerra e Ana Paula Fitas, foram de facto bastante elucidativas e de grande qualidade. O passeio pedestre com partida nas Hortinhas, passando pelo Castelo Velho, Anta do Lucas, Poio Grande e finalmente Rocha da Mina foi muito agradável. A Arqueóloga Conceição
Roque teceu algumas considerações sobre os sítios arqueológicos e a ribeira do Lucifécit, assim como os trabalhos de prospecção no terreno. Finalmente o Warkshop na ribeira do Lucifécit e Rocha da Mina, com comunicação da Arqueóloga Conceição Roque e do Arqueólogo Manuel Calado, duas intervenções memoráveis que ficam na história do nosso Concelho. A todos os oradores e participantes neste evento deixo uma palavra de apreço, esperando que nos voltemos a encontrar em iniciativas futuras sobre este tema, e muitos outros que enchem de riqueza o património do Concelho do Alandroal.

Cabé

Anónimo disse...

Amigo Cabé a poesia e os desenhos estão sensacionais. Parabéns!

Anónimo disse...

Só uma palavra do que vi e li: SENSACIONAL!

Amigo de ambos!

Anónimo disse...

Lindos os desenhos e a poesia a Endovélico!

Maria

Anónimo disse...

LINDO!
Desenhos e Poesia em perfeita harmonia!!!

Uma Alandroalense