quarta-feira, 23 de junho de 2010

POESIA A UM AMIGO


Para Lá Do Espelho...
A Sombra----------------------------PALERA


X-FRÁGIL

Onde a sombra se projecta
Na luz que outrora reflectia,
Renasce agora ténue esperança?...
A alma do menino desperta
Para lá do espelho onde vivia
Num olhar meigo de criança!
Mil sorrisos em parte incerta,
Olhar doce como já não via
E na memória breve lembrança.
Tampinhas, uma carícia ou festa
Que enche o coração de alegria,
Quando sorri com confiança!!

Matias José (21.07.2010)

3 comentários:

Anónimo disse...

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Albert Einstein


Bonito o seu Poema de Amizade!
Gostei!

Uma Alandroalense

Anónimo disse...

BOM, MESMO MUITO BOM. X-FRÁGIL AGRADECE!

Anónimo disse...

Também gostei muito da poesia, vê-se que foi escrita com o coração!

Maria